Meu quarto só não é lilás porque não bati o pé. Pelo Ro, poderia até ser – não que ele goste da cor, mas evitar discutir comigo é sempre melhor. Mas o verdinho ficou legal e estou feliz com ele. Lilás é uma cor romântica, fresca e feliz. É cor de menina. Mas não obrigatoriamente. Um jeito de masculinizar o ambiente lilás é combiná-lo com o preto e com tons de cinza. Se com o maridão aí não rolar o quarto lilás, negocie um hall, um lavabo, uma parede da sala. Ou contente-se com os acessórios: cortina, almofada, porta-travesseiro. Aqui vão três inspirações do dyitideas.com.

Cabeceira lilás com painel. Nossa! Tenho um cobertor idêntico a esse. Fica lindo com minha parede verdinha. Lilás e verde é o casal Nicete Bruno e Paulo Goulart das cores. Dá gosto de ver!

Prateleira cúbica (muderno, hein?) com decupagem. Mas morri mesmo com esse porta-sabonete com um vasinho. #Comofaz?

Isso é um, ham-ham, “armoire” liso com adesivo. “Armoire”… só me faltava essa. Brincando de Casinha é coisa fina, meu bem!

Falando em coisa fina, dia 26 é meu aniversário. Façam o favor de anotar na agenda.

Mari Mari achou realmente muito boa essa analogia do casal verde-lilás/ paulo goulart-nicete bruno. Nossa! Ótima sacada! Eu sou um gênio! [autoestima descontrolada em função do inferno astral. Repara não]