1) Eliminei as prateleiras de vidro, abarrotadas de creminhos, potinhos e coisas que podiam ficar dentro do armário. Tapei (eu mesma) os buracos com massa corrida e, no lugar, coloquei quadrinhos – desses que não são pensados para banheiro – com fotos de 3 lugares que eu detesto: Londres, Paris e Nova York. Como prendi os quadrinhos? Fita-banana*, meu bem. Ou você acha que eu iria encarar a furadeira?

2) Na pia, no lugar de um spot branco horroroso – daqueles que a gente coloca para quebrar o galho e vai deixando, deixando- coloquei uma luminária de aço escovado com 3 lâmpadas dicróicas. Um luxo.

3) Joguei fora – tomando cuidado para não quebrar, diga-se – um espelho ovalzinho modesto e coloquei um MEGA espelho, com 1,20 de altura e exatamente na largura da pia. Detalhe: dei a sorte de achar um espelho pronto nas medidas certas na Telhanorte. Nem precisei mandar cortar!

4) No canto da pia, coloquei um vasinho para sugar a água que espirra durante cada lavada de mãos. Sabe quanto o vasinho? R$ 1, na Leroy Merlin.

Resultado: juntanto o efeito chique das lâmpadas dicróicas + espelho grande + quadrinhos que ninguém espera ver num banheiro, consegui deixar meu banheiro com aparência de maior e com uma carinha de banheiro social (isso era bem importante porque é o único banheiro do apê, também usado pelas visitas).

Devo ter gastado com tudo uns R$ 150, mas o resultado foi um banheiro com outra vibe e uma dona mais feliz, que é o que realmente importa.


* Fita-banana é uma fita adesiva dupla face, de altíssima aderência, indicada para pregar coisas na parede sem precisar de furadeira.